FANDOM


Hellboy: Sementes da Destruição é a primeira minissérie em HQ da linha Hellboy, publicada pela Dark Horse Comics. Foi concebida e ilustrada por Mike Mignola e roteiro de John Byrne.

Esta foi, em parte, a base para a primeira adaptação cinematográfica de Hellboy.

História da Publicação

Sementes da Destruição foi originalmente publicada como uma mini-série de quatro edições mensais entre março e junho de 1994. Estas edições continham a história dividida quatro partes com uma história back-up de Quem são Monkeyman e O'Brien? escrita e desenhada por Arthur Adams. A história foi reimpresso em Hellboy: Seed of Destruction (Out '94).[1]

Como parte da promoção feita pela Dark Horse de "1 por US $1", que reproduziram a primeira edição de uma série de títulos populares, a primeira edição de Sementes da Destruição foi reimpressa com uma capa alterada em Agosto de 2010 e vendido por um dólar.

História da Publicação no Brasil

No Brasil esta história foi publicada em 1998 pela Mythos Editora dividindo as quatro em duas edições.

Enredo

Parte Um

A história em quadrinhos começa em 1944, com um relatório feito por um oficial do Exército dos EUA, o 1º Sargento chamado George Whitman, que foi condenado a levar uma equipe de comandos para a aldeia (fictícia) de East Bromwich nas Midlands da Inglaterra. O grupo do exército (acompanhado por um super-herói opositor-nazista chamado O Tocha da Liberdade) é sob a orientação de três funcionários paranormais, um dos quais é o jovem Trevor Bruttenholm. De acordo com a médium do grupo, a Lady Cynthia Eden-Jones, um evento terrível irá acontecer naquele lugar em uma igreja local em ruínas; um projeto do fim do mundo orquestrado pelos nazistas, o que poderia anunciar o fim do mundo.

No entanto, o rito real estava ocorrendo na Ilha Tarmagant, uma pequena ilha ao largo da costa da Escócia. Os nazistas criaram uma série de estranhas máquinas em torno de um círculo de pedra, no centro da qual se ergue o fábuloso psíquico russo Grigori Rasputin. O feiticeiro, armado com um par de luvas poderosas, faz tentativas de convocar o Ogdru Jahad de suas prisões para a terra; embora invisíveis, as bestas são referidas como "não se importam com nada" e "arautos da pestilência", marcando-os como entidades amorais, perigosas.

Embora o Ogdru Jahad não tenha sido convocado, um demônio de pele vermelha parecido com um garoto aparece na igreja em East Bromwich, e é logo apelidado de "Hellboy", pelo Professor Bruttenholm. Enquanto o líder da operação nazista, Klaus Werner von Krupt, está consternado com a aparente falta de sucesso de Rasputin, o monge louco diz que não falhou e proclama que ele colocou em movimento o fim do mundo.

A cena então muda para 1994, na sede do Bureau de Pesquisa e Defesa Paranormal em Nova York. O Bruttenholm muito mais velho está relatando o incidente do "nascimento" de Hellboy, quando o próprio demônio entra no escritório. É revelado que Bruttenholm está desaparecido há mais de um ano, após ter desaparecido depois de uma expedição polar. Ele diz a Hellboy a história de seu desaparecimento recente, informando-o da sua viagem ao círculo Ártico com "os três rapazes Cavendish", e um homem chamado Sven Olafssen, que é um "renomado explorador do Ártico". O quarteto entrou em uma caverna no topo do mundo, que tinha uma estranha estátua Lovecraftiana de uma criatura com tentáculos, e uma figura humana meditando a seus pés. Quando Bruttenholm tocou a relíquia, que parecia estar viva, ele mal conseguia se lembrar dos acontecimentos que se seguiram. Antes que ele possa continuar, ele é interrompido por uma praga de sapos, e corre a partir do escritório, dando seu filho adotivo as palavras finais do "Salve-se!".

Antes de Hellboy poder reagir, Bruttenholm é morto por um enorme monstro 'sapo', deixando-o com marcas que pareciam furos em todo o seu cadáver ressecado. A criatura tenta matar Hellboy, mas ele prova que é muito forte para o sapo-monstro e é capaz de atirar quando ele tenta escapar. Depois de matar a criatura, Hellboy telefona para o diretor da B.P.D.P Tom Manning, informando-o da morte de Bruttenholm. Enquanto Manning organiza as coisas com seus companheiros de função, a cena muda para o interior de uma antiga casa vitoriana, ao mesmo tempo, uma figura sombreada no escuro discute a morte de Bruttenholm com uma velha na mansão. Enquanto a HQ termina, um sapo é visto em sua xícara de chá...

Parte Dois

Tendo descoberto algumas pistas relativas à morte das viagens Professor, Hellboy viaja para uma casa velha chamada Cavendish Hall, junto com seus colegas Liz Sherman e Abe Sapien. Lady Emma Cavendish, a mulher que é proprietária da casa, é reconhecível como a mulher do final do capítulo anterior. Ela explica que é a herdeira final da Cavendish Hall, seus filhos tendo aparentemente morrido na expedição com Bruttenholm. Ela também observa que seus filhos não tinham sido os primeiros homens da linha de Cavendish para tentar encontrar a caverna como todos os homens das gerações anteriores morreram tentando encontrá-la. A prática começou com um marinheiro chamado Elihu Cavendish, um cavalheiro e baleeiro que tinha viajado o mundo e ouviu histórias exóticas em numerosos portos. Ele tinha feito o objetivo de sua vida para encontrar o templo no pólo norte; e com o seu fracasso, todo varão entre as gerações seguintes tentaram realizar a façanha. Lady Cavendish confidenciou ao trio sua tristeza em ser o último membro vivo da sua família, e sua esperança de que quando ela morresse Cavendish Hall afundasse no lago abaixo.

O mordomo, em seguida, acompanha o trio para seus quartos separados. Com Lady Cavendish sozinha, a figura sombria retorna e informa a ela que ela vai se reunir com seus filhos, dizendo-lhes ao surgir com a linha "Crianças, venham dar um beijo na mamãe..."

Decidindo começar a sua investigação, Abe remove sua roupa e mergulha para fora da janela, na esperança de encontrar alguma coisa nas profundezas das águas abaixo da casa. Hellboy em seguida, chama Liz pelo telefone, e eles discutem como o mordomo parecia exatamente como Sven Olafssen; o explorador do Ártico, que supostamente havia morrido durante a expedição com Bruttenholm e os irmãos Cavendish. Um grupo de rãs aparecem de repente no quarto de Liz, e quando ela menciona isso para Hellboy, ele grita com ela para sair da sala imediatamente, correndo em direção a quarto dela.

Hellboy chega ao quarto para encontrar Liz, mas ela já não estava mais lá; no entanto, Olafssen estava no corredor, fingindo desconhecer a respeito de onde ela desapareceu. Quando Hellboy ameaça o explorador para falar, ele se transforma em um sapo-monstro, e os dois lutam pela casa. Depois de aparentemente matar o segundo monstro, Hellboy volta para a sala de estar e encontra Lady Cavendish morta, coberta de marcas semelhantes às que adornavam o corpo morto de Bruttenholm. Ele lamenta não ter feito alguma coisa para protegê-la, mas o indivíduo escuro visto anteriormente surge e revela ser Rasputin. Rasputin afirma que ele tinha convocado Hellboy do nada, e também que é o destino de Hellboy ajudá-lo destruir o mundo. Antes de Hellboy poder recuar, um conjunto de grandes tentáculos o esmagam através do assoalho e arrastam Hellboy para as profundezas cavernosas abaixo da casa.

Parte Três

Na escuridão sob Cavendish Hall - que é revelado sendo um templo "asteca" - Rasputin começa a fazer palestras para Hellboy sobre a natureza de Ogdru Jahad, e seu desejo de ser livre de sua prisão. Hellboy rapidamente se torna impaciente e atira Rasputin na cabeça; mas o monge cura-se rapidamente e solta um "feitiço" que envia Hellboy voando pelo ar. Isso preocupa o demônio, pois isso significa que o seu quadro de encantos, amuletos, relíquias etc. não servem contra o poder de Rasputin. O bruxo avisa a Hellboy que ele o trouxe para o mundo, e ele pode facilmente levá-lo tirá-lo. O sapo monstro Olafssen aparece em seguida, e começa a lutar de novo com Hellboy.

Enquanto isso, Abe se aventura através das vias que ligam os porões e cavernas de Cavendish Hall para o lago. Nas cavernas subterrâneas, ele se depara com os dois irmãos Cavendish, que se tornaram sapo-monstro; no entanto, eles não são tão violentos quanto Olafssen, e em vez disso são vistos abraçando o cadáver de sua mãe, a quem eles mataram sob as ordens de Rasputin. Aventurando-se mais, Abe descobre o corpo de Elihu Cavendish, mantido em uma cadeira parecida com um trono e tendo um arpão na mão.

De volta ao templo, Rasputin revela sua ligação com Ogdru Jahad. Depois de ter sido morto por um grupo de nobres em 1916 e seu corpo lançado ao rio Neva, Rasputin foi trazido de volta à vida pelos Ogdru Jahad e ele deixou a Rússia, buscando consolo em uma vila italiana, reunindo reputação como profeta do apocalipse. Ele logo foi visitado por Heinrich Himmler, que o levou para a Alemanha para dirigir um dos vários desesperados "Projetos do juízo final" de Hitler. Embora Rasputin sabia que Hitler estava condenado ao fracasso, ele também sabia que ele poderia usar o dinheiro, mentes científicas e recursos tecnológicos do Terceiro Reich para ampliar suas ambições. Ele alinhou-se com Karl Ruprecht Kroenen, Ilsa Haupstein, Leopold Kurtz e outros, para projetar uma máquina que traria o Ogdru Jahad à terra e a queimaria até as cinzas.

Rasputin então revela que ele tinha feito Olafssen capturar Liz, e agora planejava canalizar seus poderes através de si mesmo e para Sadu-Hem, que por sua vez irá usar essa energia para desbloquear os casulos de ouro do Ogdru Jahad. Ele agora não precisava mais de Hellboy, e proclamou que o inferno na Terra estava se aproximando.

Parte Quatro

Como o poder de Liz fluindo para Sadu-Hem, são vistos o estrondo feito pelos Ogdru Jahad em suas prisões. Uma raça alienígena desconhecida é vista observando os acontecimentos, temendo que "Os Sete" irão devorar o universo depois de terem enegrecido a terra. Hellboy continua a lutar com Olafssen, antes de encontrar uma granada de concussão e forçando-a para baixo na sua garganta, pede desculpas com o pouco sentido humano que ainda permanece na criatura.

Rasputin se alegra com sua vitória se aproximando, recitando o mesmo feitiço que ele tinha usado há cinquenta anos em sua tentativa de invocar a criatura. No entanto, antes de ele completar o feitiço, ele é espetado no peito por Abe, que está sob a posse de um vingativo Elihu Cavendish. Com a concentração do mago quebrada, o poder de fogo de Liz se torna incontrolável e frita Sadu Hem, fazendo com que a caverna entre em colapso. Abe desperta do controle de Cavendish e salta para a frente para salvar Liz, antes de cumprimentar Hellboy e, em seguida, leva Liz a uma escada próxima.

Em seguida, um Rasputin furioso, tenta matar Hellboy, mas a maioria de seu poder passou, ele é incapaz de fazê-lo. Ele tenta chantagear o demônio, indicando que se ele for morto, Hellboy nunca vai saber quem é e o poder que possui. Hellboy esmaga o crânio de Rasputin com a mão gigante direita, e corre pela escadaria, antes de deixar a sala e vê-la afundar no lago. Abe e Liz tentam questioná-lo sobre o que aconteceu na caverna, bem como a identidade do mago, mas Hellboy está relutante para informá-los.

Como Hellboy lembra as últimas palavras do mago, a cena muda para um castelo abandonado na Noruega, que tem as ruínas de um velho, laboratório Nazista esotérico. As figuras de Kroenen, Ilsa e Kurtz - antigos discípulos de Rasputin - são vistos congelados na parede em uma camada grossa de gelo. No entanto, um dispositivo próximo pisca para a vida, e o gelo começa a rachar...

Cronologia da História

Dentro do mundo de Hellboy, Seed of Destruction tem lugar no início de 1994.[2] A principal ação da história, culminando com a destruição de Cavendish Hall, tem lugar em 11 de maio. Esta data é explícita em Plague of Frogs #4.

Cronologicamente esta história é precedida por Makoma (16 de agosto de 1993), e seguido por "The Wolves of Saint August" (1994, antes de 16 de maio).

Galeria

Premiações

1995: Ganhou "Best Graphic Album: Reprint" Eisner Award Ganhou "Best Writer/Artist" Eisner Award, para Mike Mignola

Ligações Externas

Página oficial da primeira edição no site da Dark Horse


Referências

  1. (1994, Dark Horse Comics, tpb, 128 pages, 1994, ISBN 1-56971-316-2, 2004, ISBN 1-59307-094-2,, hardcover, 1995, ISBN 1-56971-051-1)
  2. O ano é explicitado em Darkness Calls #1, onde é dito que Bruttenholm teria morrido em 1994, em uma nota de rodapé.
Histórias do Universo Hellboy