FANDOM


Hellboy - A Origem SecretaEditar

Great-salt-lake-comic-convention-91

Great Salt Lake Comic Convention '91

Em 1991, uma convenção pequena de quadrinhos foi organizada e realizada em Salt Lake City, Utah. Alguns criadores foram convidados a participar, incluindo Chris Claremont, Dave Dorman, e Mike Mignola. Mike estava trabalhando em um conceito de personagem para o que viria a se tornar Hellboy. Com sua primeira iteração ilustrada. Embora ele não se parece em nada com o sujeito que viemos conhecer, é interessante notar que ele tinha um cinto de fivela muito peculiar.

Mignola usou pela primeira vez o nome de "Hellboy" em um projeto de personagem que não parece em nada com o Hellboy que conhecemos hoje, "O desenho de 91 é a primeira vez que eu usei o nome de Hellboy, mas ainda não tinha pensado em criar uma série real sobre o personagem... o personagem de 91 tem pouca semelhança com a versão moderna de Hellboy"[1]. Mike.

Apesar do visual ainda ser um estudo, a empresa Mondo aproveitou o desenho e criou uma estatueta de 12" polegadas inspirada nessa ilustração com todos os estranhos e divertidos detalhes do desenho original. O sketch original foi, inclusive, colorido por Dave Stewart, que sempre que pode é colaborador de Mignola. Foram produzidas duas versões: uma limitada, estilo ilustração em P&B (exclusiva no site da Mondo), e uma pintada em vermelho. A primeira estátua do Hellboy (Versão vermelha) custou US$200,00 e a versão em preto e branco custará US$250,00 (limitado a 200 peças). Nós adoramos como a Mondo vem pegando todos esses “primeiros” sketches e transformando-os em estátuas… muito impressionante e uma ótima maneira de imortalizar a visão de um artista! Clique AQUI, caso você seja um privilegiado em condições de adquirir uma das versões da escultura para sua coleção, ambas já se encontram em pré-venda![2][3]

ConcepçãoEditar

Mignola: "Este foi o primeiro desenho da coisa que se tornou Hellboy. Foi a primeira vez que eu escrevi a palavra Hellboy. Lembro-me nitidamente de desenhá-lo. Eu precisava fazer um desenho para uma próxima convenção, eles pediram para eu desenhar algo. E uma vez que na época eu não era conhecido por qualquer personagem em particular, eu tinha acabado de inventar essa coisa desajeitada e como um adendo, escrevi Hellboy nele. Na época, eu pensei que era a coisa mais engraçada pra caramba que eu já tinah feito. Não havia nenhum pensamento sério sobre fazer uma história em quadrinhos sobre esse cara. Mas um par de anos mais tarde, quando era hora de fazer a minha própria revista voltei para isso e pensei que eu gostava de desenhar esse monstro e que era o único nome que já tinha feito até que eu pensei que seria engraçado, então fiz.

Você pode dizer que é muito, obviamente, muito mais uma coisa de fantasia do que o que se transformou em Hellboy. Mas pelo tempo que eu vim com a idéia de fazer a banda desenhada eu estava pensando um pouco mais comercial do que apenas algum cara monstro vagando sem rumo. Bem, não que eu o tenha feito muito mais comercial, mas certamente foi a idéia de um livro que não teve lugar no mundo da fantasia, mas mais ou menos no real. Ele não é só um grande monstro peludo com um caranguejo em seu cinto. Ele está funcionando mais ou menos no mundo real. Eu tinha de fazer a barba dele e esculpí-lo um pouco. Há uma existência de cinco ou seis desenhos que tipo mostram uma transição de um cara com o cara que acabou na primeira edição dos quadrinhos. Mas, principalmente, que era uma questão de encolher-lo e colocar um casaco sobre ele."[4]

Dime Press #4Editar

Hellboy-dime-press-4

Dime Press #4

Hellboy aparece ao lado na capa de um fanzine italiano de quadrinhos chamado Dime Press (edição nº 4, publicado em 1993 pela Glamour International Production), com "Hellboy © Mignola 93" escrito na parte inferior da capa. A capa, ilustrada por Mignola e pelo artista italiano Nicola Mari, mostrar Hellboy no ato de atacar uma versão "diabólica" do personagem da revista em quadrinhos italiana de ficção científica Nathan Never (com asas de morcego e cauda pontiaguda). Mari na época era um dos artistas que trabalharam na Nathan Never, e os dois primeiros anos de vida desta banda desenhada foram o principal tema do fanzine. Não há nenhuma história de Hellboy dentro da revista e sua aparência também não é o que ele iria se tornar, o personagem mostrado ainda estava em fase de projecto, e embora perto do design final do Hellboy, ele tinha a pele cinza e uma roupa não é comum para o personagem.

San Diego Comic Con #2Editar

San-diego-comic-con-comics-big

San Diego Comic Con #2

Ver artigo principal: O Maior Investigador Paranormal do Mundo

Esta história de 4 páginas foi a primeira história publicada da série Hellboy em seu projeto final. Foi publicado pela primeira vez na San Diego Comic Con Comics #2 (Agosto de 1993) em preto e branco. Ele foi reimpressa em cor em Hellboy: Vol. 1 Seed of Destruction (Outubro de 1994).

Next Men #21 de John ByrneEditar

John Byrne's Next Men

Next Men #21 de John Byrne

Publicada em 1 de dezembro de 1993, a edição 21 da John Byrne's Next Men trazia o primeiro crossover de Hellboy, escrita por John Byrne com a capa feita por Mike Mignola, desenho e arte-final por John Byrne e Mike Mignola (ficando com as páginas 12-21) e cores por Matt Webb. A primeira participação especial de Hellboy se deu na terceira parte (de quatro) do arco Faith.

Na história, durante 10 dias, nos túneis do metrô abandonado, Jack estava muito interessado em ler a Bíblia Sagrada. Mas, de repente, os túneis são bombardeadas por forças da superfície, aparentemente lideradas pelo Controle.

Tony ordena para os Next Men cuidarem cada um de uma criança da comunidade do túnel e para se dividirem entre si. Danny entra em um pequeno túnel com um garoto negro, mas o solo desaba sob seus pés.

No túnel do velho metrô, as duas crianças são salvas de um enorme monstro por Hellboy. Os três percorrem pelos e Hellboy, parcialmente amnésico e desorientado encontra uma saída, mas o monstro ataca-os novamente. Ao mesmo tempo, as crianças escapam dos túneis, enquanto Hellboy continua a lutar.

Em Nova York, Sandy Tolliver está na cama com Garrison Carter, o homem que tinha visto em tempo real Doutor Trogg e Blue Dahlia. Ela acorda e explica que ela tinha sonhado com o ataque dos túneis, Danny, uma outra criança e Hellboy que ajuda-os. E, quando o casal colocar na TV, eles vêem que o sonho de Sandy é bastante perto da realidade.

Mais adiante, Thomas Kirkland explica à mulher que o ajudou a fugir do sanatório, apesar do fato de que eles tinham chegado cedo demais, que a sua missão é salvar o Presidente Hilltop dos Next Men.

ReferênciasEditar

  1. Descrição da revista Dime Press #4, pela My Comic Shop & The Hellboy Archive
  2. Primeira versão de Hellboy ganhará uma estatueta
  3. Hellboy: Mondo produz escultura baseada no primeiro “Sketch” do Personagem feito por Mike Mignola
  4. Mike Mignola's Favorite Artwork From Hellboy's Last 20 Years

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.